A elegância de Dick Farney

Dick Farney nem imaginava tornar-se um cantor de sucesso. Aliás, ele nem queria. Ao se lançar como músico, seu único interesse era ser um grande pianista, como seus ídolos do jazz – Dave Brubeck, Nat King Cole. No entanto, após estrear profissionalmente no microfone, em 1937, se revelaria um dos mais importantes intérpretes da música popular brasileira. A trajetória artística dele foi contada no documentário musical “Mosaicos – A Arte de Dick Farney”, que produzimos na TV Cultura em 2007. O especial está disponível na íntegra no YouTube, em 8 partes. Abaixo, a primeira delas e os links para as demais.

Parte 2; Parte 3; Parte 4; Parte 5; Parte 6; Parte 7; Parte 8 (final)

Dick-Farney

Anúncios

Um comentário sobre “A elegância de Dick Farney

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s